terça-feira, 8 de março de 2016

Billboard: Hayley fala do novo álbum e cita ex-membros da banda no terceiro dia do Parahoy



Assim como os dois dias de cruzeiro, a Billboard também analisou o terceiro dia do PARAHOY! e nos contou os melhores momentos do show do Paramore. Confira:



E a banda tocou “Oh Star” — uma das músicas mais antigas — pela primeira vez em um show.

Antes do Paramore subir ao palco no dia 7 de março, a setlist acabou vazando online. “Hallelujah” seria a primeira música, mas todos se enganaram ao achar que seria a conhecida canção do Riot!. Antes de começar – Hallelujah do Paramore – – Hayley cantou a versão imortalizada por Leonard Cohen. Foi uma boa jogada para um show que pareceu uma “sessão de terapia” para a banda, mais ainda do que o show anterior, que foi o primeiro da banda em quase um ano.

“Esse ano que passou foi algo que eu não quero reviver”, admitiu Williams durante o show. “Mas, ao mesmo tempo, eu faria tudo de novo se isso significasse entender o que é ter uma amizade verdadeira nessa vida. Taylor, obrigada por ser incrível.”

A plateia abruptamente gritava “PARAMORE!” enquanto Williams aclamava o guitarrista Taylor York, que agora, é o único membro oficial da banda, depois da saída de Jeremy Davis em dezembro. Hayley não falou em detalhes sobre isso, mas ela saudou os ex-membros:

“É uma honra tocar com todos que estão aqui. Também fico honrada de ter tocado com Josh [Farro], Zac [Farro], Jeremy e todos que já tocaram conosco. É uma verdadeira honra ter amigos e músicas combinados em uma coisa só… só Deus pode fazer algo assim. Fico feliz que não acabou, porque eu quero continuar.”

Williams apresentou a banda toda, membro por membro no começo show, como de costume. Ela também apresentou o novo baixista, Joey Howard e gritou “WE ARE PARAMORE“.

Ao decorrer, Williams também disse ser uma pessoa mais gentil agora com seus 27 anos: “Tem gente que vai confundir sua gentileza por fraqueza. E a maior lição é não deixar que isso te impeça de ser gentil.”

Quanto ao sucessor do álbum homônimo de 2013, Williams deu a entender que uma hora fica pronto…

“A gente — pra ser sincera — está indo mais devagar do que pensei. Às vezes a vida atrapalha… Eu me afastei do Twitter por um tempo. Foi ótimo; vocês deviam tentar. Vamos fazer um disco novo pra vocês… E daremos notícias.”

O set ainda tinha mais uma surpresa, além do cover de “Hallelujah“. Com mais ou menos uma hora de show, o Paramore tocou uma de suas canções mais antigas, a balada “Oh Star” que os fãs só podem ouvir pelo YouTube (a não ser que tenham tirado o Summer Tic EP da Warped Tour de 2006). “A gente nunca tocou essa música, eu acho.” (e de acordo com o Setlist.fm, ela está certa).

Depois de contar como os irmãos Farro a convidaram para a banda (isso incluiu a demissão da vocalista anterior), ela explicou com “Oh Star” foi composta:

“Naquela altura, eu estava numa banda e a gente tinha escrito “Conspiracy” e tínhamos certeza que íamos descolar um contrato com a gravadora Tooth & Nail ou alguma outra. Aaron (Gillespie) estava na Tooth & Nail, então era o que a gente queria. E daí eu e Taylor nos encontramos pela primeira vez depois do colégio pra escrever. Ele tinha 12 anos, acho que eu tinha 13… Escrevemos essa canção muito rápido.”

No geral, a apresentação foi emotiva, mostrando um lado da banda mais parecido com o primeiro álbum.

O terceiro dia do cruzeiro foi tranquilo, os fãs passaram a manhã e a tarde na praia de Cozumel, México, a vontade para explorarem a cidade. Na hora de voltar ao navio, uma tempestade persistiu, trazendo ventos fortíssimos, mas a chuva em si, foi fraca. O show do Paramore foi a atração principal, entretanto Lights fez um show bem consistente no deck da piscina e Chvrches tocou no interior do convés.

Entrevistamos o New Found Glory e Chad Gilbert falou sobre o casamento com Hayley, sua carreira na música e mais. Fique de olho no site para ler essa entrevista, a da Lights e X Ambassadors. Voltamos amanhã com o dia final do Parahoy!

Fonte: Paremore BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário