terça-feira, 28 de julho de 2015

HAYLEY WILLIAMS FALA SOBRE O QUINTO ÁLBUM DO PARAMORE E A COLABORAÇÃO NO SINGLE ‘VICIOUS LOVE’



Hayley Williams compareceu ao Alternative Press Music Awards 2015 para cantar ‘Vicious Love’ com a banda New Found Glory e receber merecidamente o prêmio de Melhor Vocalista.

Além disso, a vocalista parou para conversar com Lee McKinstry, da revista Alternative Press, sobre os últimos acontecimentos em sua carreira, o encontro com Lynn Gunn da PVRIS, o fim da era autointitulada, o quinto álbum de estúdio do Paramore e amor verdadeiro. Confira:

Parabéns pela vitória. Como você se sente?
Incrível! Eu não lembro de ter ganho um prêmio específico como vocalista, mas isso é legal.
E é ainda mais legal que tenham selecionado uma categoria para vocalistas aqui, especialmente nesse cenário musical. Isso é realmente bom.

O que você acha sobre competir nessa categoria?
Eu estava alucinada por estar concorrendo com todas essas pessoas, porque eu realmente conheço todas elas.
Foi muito bacana encontrar a Lynn Gunn. Eu amo o fato de a PVRIS estar detonando na atual Warped Tour. Eu tenho acompanhado algumas coisas.
É muito bom ver uma garota que canta realmente forte com guitarras e passe a sua mensagem no palco.
Eu me senti como “Ai, meu deus, eu quase disse que levei um tiro por ela. E então eu percebi que o sobrenome dela era Gunn. Isso foi tão brega!”.

Muito bem, muito bem. Mas você nem ao menos tentou.
É, eu não tentei.

Alguma nova informação sobre o próximo álbum do Paramore?
Ah, eu não posso te dar novas informações sobre o próximo álbum! Isso foi útil? [Risos].
Nós realmente estamos trabalhado em casa, de forma mais lenta. É muito melhor trabalhar assim.
A maioria dos trabalhos que lançamos entre os álbuns do Paramore, foram feitos às pressas. Tivemos mais tempo entre ‘Brand New Eyes’ e ‘Paramore’, então lançamos um EP e continuamos em turnê.
Estamos nos sentindo bem, trabalhando sem pressa e observando o que nasce desse processo.

Você disse que a era autointitulada acabou. Então, qual será o próximo passo do Paramore?
Bom, essa é a parte assustadoramente incrível.
Para ser honesta, eu ainda estou de luto com o fim da era autointitulada. Foi um momento feliz e incrível para a nossa banda.
O Paramore passou por vários altos e baixos, mas os três últimos anos foram uma grande aventura.
Eu estou definitivamente de luto, mas muito ansiosa quanto ao nosso próximo passo, principalmente porque eu não esperava pelo álbum autointitulado. Isso me enche de esperanças para o futuro.

Como você e o New Found Glory decidiram que ‘Vicious Love’ seria a canção escolhida para fazer uma parceria?
Eu soube que eles queriam uma vocalista para essa música.
Quando eu ouvi isso, eu pensei “Aqui estou! Eu sou a Hayley. Do Paramore.”.
Mas falando sério, eu sou fã. Eu amo muito esses garotos. Desde o primeiro dia, quando os conheci na Warped Tour, nos tornamos bons amigos.
Eu realmente queria fazer isso por motivos pessoais, principalmente pela nossa amizade. E eu amo essa canção.

Então eles já tinham decidido que essa seria uma parceria. Eu sei que ela foi inspirada no seu relacionamento. Você quis mostrar a sua relação sob uma perspectiva diferente?
Sim! Mesmo com ‘Still Into You’ e ‘The Only Exception’, pra ser sincera.
Pra mim, particularmente, é mais convicto falar sobre a parte difícil do amor, porque eu não acho que acreditava nele, quando comecei sentir de verdade.
Eu gosto de falar sobre isso e sobre como parece impossível. As vezes, até mesmo quando está acontecendo, isso ainda parece impossível.

Eu acho que as pessoas se identificam bastante com isso.
Que bom. Eu gosto disso.
Um conto de fadas pode parecer lindo e tudo mais, mas ele não existe.
Eu não acho que isso seja um pensamento pessimista.

As vezes a realidade pode ser boa.
Exatamente! Eu amo a realidade.

Eu estou aqui apenas para uma conversa animadora.
[Risos] Obrigado, muito obrigado.

Fonte: Paramore Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário