quinta-feira, 17 de outubro de 2013

“Levaremos um novo som para a KeyArena hoje à noite!” diz Taylor York á The Seattle Times

Antes do Show de abertura da grande e aguardada The Self-Titled Tour, Taylor York concedeu entrevista ao  The Seattle Times  onde ele conta a experiencia de compor com Hayley para o novo álbum, a dinâmica  criada em estudo e as bandas de abertura "Metric" e "Hellogoodbye". Confira!

Paramore levará um novo som para a KeyArena hoje à noite! 
O Paramore vem tendo anos bastante movimentados. Durante muito tempo eles existiram entre os estilos emo, pop-punk e um toque sutil de hardcore.
A banda de Franklin, Tennessee, perdeu dois de seus membros fundadores (os irmãos Josh e Zac Farro) no final de 2010, mas se reagruparam e lançaram um álbum auto-intitulado em Abril. “Paramore”, que estreou no número #1 da Billboard 200, mostra uma mudança drástica de estilo e mostra uma banda – onde todos os membros ainda estão em seus primeiros 20 anos de vida – crescendo e evoluindo em todos os sentidos. 
O Paramore, liderado por Hayley Williams, toca hoje à noite na KeyArena, tendo como convidados a banda ‘Metric’. Essa é uma banda que também sabe alguma coisa sobre reinvenção. Curiosidade: “Metric” foi formada em 1998, o ano em que Williams completou 10 anos de idade. 



“É uma formação diferente”, disse Taylor York, o guitarrista da banda, que pela primeira vez atuou como um dos principais compositores da banda, juntamente com Williams, para o álbum “Paramore”. “Nós perdemos dois membros, sendo que um deles era um dos principais compositores. Sabíamos que precisávamos de uma mudança, mas também não tínhamos outra opção senão mudar. 
O resultado de todas essas mudanças foi um álbum que soa como um agradável rock alternativo. Em um minuto ele é destemido e convicto com a faixa “Grow Up”, mas logo em seguida a banda lança um pop para você sonhar com “Daydreaming”.
É fácil de esquecer o quão jovem os membros da banda são, considerando os oito longos anos desde a sua estréia em 2005 com o álbum “All We Know Is Falling” e seis anos desde que o álbum “Riot!” garantiu o título de platina em 2007.
Eles e seus fãs eram adolescentes, mas isso não vem mais ao caso.
“Parece que nós criamos uma base de fãs e algum tipo particular de som. Nós sentimos como se tivéssemos que continuar com isso”, disse York. “Em um determinado momento percebemos que tanto nós, quanto nossos fãs, precisavam de mudanças.”.
York, de 23 anos, deixou a sua marca registrada em todo o álbum “Paramore”, assumindo a tarefa de substituir Josh Farro como parceiro de escrita de Williams. Se a intenção de York era distanciar o Paramore do seu velho som, ele conseguiu.
“Era tanto a coisa favorita que eu já tinha feito, quanto a coisa mais assustadora de toda a minha vida”, disse York. “Esta é a primeira vez que eu senti que realmente tinha que fazer alguma coisa, e isso é realmente assustador em um primeiro momento. Hayley é uma compositora e vocalista realmente incrível, e nós desenvolvemos uma dinâmica muito bacana e de confiança. Foi algo verdadeiramente muito legal”.
A banda ‘Hellogoodbye’ também abrirá alguns shows do Paramore, com o seu indie-pop frenético e o vocalista Forrest Kline. Uma escolha interessante para a nova turnê. E também temos a banda ‘Metric’! Com isso percebemos que algumas coisas realmente mudaram para o Paramore.
Fonte e Tradução: Paramore Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário