terça-feira, 29 de outubro de 2013

Hayley participa de Q&A no Twitter da Mix 93.3




Hayley esteve no Twitter da rádio MIX 93.3 e respondeu a perguntas de fãs. Confira a tradução das perguntas e respostas:
Como foi pra você o primeiro show do Paramore?
O primeiro show foi no The End em Nashville. O nervosismo foi tanto que tocamos todas as músicas 10 vezes mais rápidas.
O flip já deu errado em algum show?
Ah sim- o flip de “Pressure” deu errado várias vezes. Por sorte, nenhum machucado mais sério para contar história! (bate na madeira).

Planeja mais alguma tatuagem?
Todos nós queremos. Vou esperar até acabarmos a turnê. As tatuagens na minha perna não cicatrizam com minhas calças de látex!
Por que decidiram escrever uma segunda parte para “Let The Flames Begin”?
As duas canções falam sobre fé. Algo que sempre cresceu em nós. Uma continua onde a outra parou.
Por quanto tempo vocês são amigos, e como se conheceram?
Somos amigos por mais de 10 anos! Conheci Jeremy num teste para sua banda funk cover. Conheci Taylor no meio de um jogo de futebol na escola!
Hayley, como é saber que seu estilo é uma inspiração para as pessoas?
Meio que me faz rir o fato de que eu possa inspirar alguém nesse sentido. Visto o que gosto! Não sei nada de moda.
Por que deram o nome da banda de Paramore?
“Paramour” = amor secreto. Em outras traduções, “por amor”. “Paramore” era o nome de solteira da mãe de um amigo nosso!
Você pinta seu cabelo com o sangue dos “haters”?
Sim, meu cabelo vermelho é pintado com sangue deles. Agora misturo com um pouco de amarelo também, para deixar esse lindo alaranjado.
O que é o mais irritante de ser uma artista?
Não é algo irritante, mas acho bizarro o fato de criarmos algo tão pessoal simplesmente para jogar para o mundo julgar!
Onde comprou essa roupa que você usou no “Queen Latifah Show?”
No @UNIFCLOTHING!
Tem algum medo estranho?
Até onde sei, meu único medo de real é de aranhas. Malditos bichos de oito patas!
Qual sua memória favorita de alguma turnê?
Ter entrado numa briga com a equipe de segurança de um bar, quando eu tinha 16, porque eles me tiraram no meu próprio show por eu ser muito nova.
Você faz parte da Make-A-Wish Foundation?
Trabalhamos com a Make-A-Wish e outras organizações em todas as turnês! Uma tremenda honra.
Sua letra favorita/mais significativa que já escreveu?
“What a mess/what a mystery we’ve made/of love & other simple things/Learning to forgive/even when it wasn’t a mistake” (Trecho de Part II).

Fonte: Paramore BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário