sexta-feira, 5 de abril de 2013

Hayley afirma que as músicas do novo álbum não são baseadas no drama da banda

O portal online da BBC News publicou uma matéria sobre o Paramore. Eles foram a fundo na polêmica da saída dos irmãos Farro e falaram sobre as letras do novo álbum. Confira:
Paramore insiste que novo álbum é ‘romântico’

A banda americana Paramore retorna com o primeiro álbum deles com apenas três membros desde que dois dos fundadores deixaram o grupo.
O quarto álbum auto-intitulado foi gravado logo depois da saída de Zac e Josh Farro, que deixaram a banda há dois anos atrás, alegando que a imprensa musical estava muito focada em sua jovem cantora Hayley Williams, mais conhecida como a mulher mais sexy segundo a revista Kerrang!
O primeiro single da banda ‘Now’, lançada no mês passado, repete as palavras: “Don’t try to take this from me.” O videoclipe mostra a vocalista Hayley Williams passando por um campo de batalha apenas para abraçar o adversário.
Mas a outra faixa ‘Ain’t It Fun’ avisa: “Don’t go crying to your mamma, ’cause you’re on your own in the real world.”
Emoções confusas, raiva, perdão – isso tudo soa um pouco como álbum de rompimento, não?
“Sério?” diz Hayley Williams, parecendo incrédula. “E sobre Still Into You?”.
Williams está se referindo a outra música do álbum, uma das poucas músicas a qual os jornalistas foram permitidos a ouvir antes do álbum ser lançado.
Não seria possível as letras serem interpretadas como melancólicas em vez de românticas?

“Eu devo ser uma péssima compositora então,” ela continua. “Eu acho essa é a beleza da música, tudo é subjetivo, todo mundo tem opiniões”.
“Mas para mim, ‘Still Into You’ é uma música muito romântica,” ela continua. “O álbum inteiro é romântico, porque foi um grande hino de amor para a nossa banda.”

‘Drama e Loucura’
Talvez um hino de amor é apenas o que o especialista receitou para uma banda que, de fora, parecia à beira de uma implosão em uma série amarga de declarações públicas, e-mails e postagens em blogs.
Um dos irmãos Farro tinha muitas razões para deixar a banda, eles dizem, e uma delas era Hayley. Era o único membro da banda que aceitou o seu rótulo. Em um post rápido para os fãs depois da saída, Josh Farro disse que o Paramore “estava fingindo ser uma banda que começou naturalmente.”.
É uma questão delicada e Hayley Williams comentou em uma entrevista para a MTV, declarando que era do conhecimento deles que “não importa se o nome de alguém está em um contrato.”.
Agora, Williams insiste que “nenhuma das músicas tem alguma coisa a ver com o drama e a loucura que aconteceu”.
“Nós cobrimos isso muito bem no último álbum e já era hora de escrever sobre algo diferente.”.
“É sobre olhar para frente esperando que haja alguma coisa lá fora e que encontre o próximo passo,” diz.
No entando, é intrigante o Paramore ter um álbum auto-intitulado. Geralmente é uma coisa que as bandas usam para se apresentar – Paramore já tem quatro álbuns.
“Eu acho que nós queríamos apresentar nossa banda para muitas pessoas, mesmo para os fãs que nos acompanham há algum tempo,” diz Williams.
“Eu ainda acho que isso soa totalmente como nossa banda, mas nós tentamos muito mais reapresentar a banda para nós mesmos. Nos tornamos uma nova versão do que já éramos, uma versão melhorada.”.
“Todas as músicas são sobre nossos relacionamentos e amizades uns com os outros que se tornou uma coisa nova.”.
‘Experimentos’
A banda está explorando um som mais experimental.
O single ‘Now’, que tem uma bateria marcante, remanescente dos roqueiros do Foals e no gospel de ‘Ain’t It Fun’, a banda parece estar caminhando para algo que está além da sua guitarra pesada do material anterior.
“Nossas inspirações são muito vastas, coletivamente ou individualmente,” diz Taylor York – guitarrista e tecladista.
“Esse é o primeiro disco que as pessoas serão capazes de ouvir isso.”.
O baixista Jeremy Davis concorda: “Esse é o mais diverso album que nós já fizemos… nos estamos um pouco nervosos sobre todas músicas soarem como um todo”.
“Nós sempre fomos uma banda de rock, mas nós temos tantos estilos diferentes de música que nós gostamos, eu acho legal as pessoas verem isso.”.
E lá está o problema para qualquer artista, se eles tentam agradar os fãs existentes com um som que é essencialmente Paramore, eles correm o risco de serem acusados de ficar na zona de conforto.
Seu álbum Brand New Eyes de 2009 não só liderou a parada de álbuns do Reino Unido, como também foi eleito o melhor álbum da Kerrang! em 2010.
Hayley diz:  “Estou muito confiante, mas isso é uma coisa que me preocupa em todos os discos. Queremos agradar a todas as pessoas.”.
“Existe uma ansiedade de lançar isso logo, mas ao mesmo tempo, nós estamos em paz como uma banda.”.
Ela continua: “Se as músicas e as ideias não fossem diferentes, seria uma vida muito estagnada.”
O álbum será lançado dia 8 de abril. Apesar do aumento dos downloads, a venda de discos ainda representa dois terços do mercado do Reino Unido.
“Todo mundo que está consumindo música está fazendo download” ela diz, “e muito deles são ilegais também, o que é bastante ruim. Eu acho que haverá uma loja de discos porque as pessoas estão curtindo o vinil novamente, o que é ótimo mas é chato pensar no fim dos CDs porque foi com o que nós crescemos.”.
Dois anos depois, Paramore tocou em dois shows que esgotaram os ingressos no O2 Arena em Londres, apoiados pelo rapper B.o.B e eles vão pegar a estrada novamente esse ano.
“Isso é o que nós mais gostamos,” diz York. “sair e tocar em frente às pessoas.”.
“Nós amamos sim os shows pequenos, mas nossos primeiros shows serão em festivais” diz Williams. “É sempre legal rever nossos fãs e esperançosamente conquistar novos outros.”.

Fonte: Paramore Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário