domingo, 3 de março de 2013

Novo post no livejournal

A nossa diva fez mais uma nova postagem no LiveJournal da banda,  vejam:

Só mais um show…
Só mais um show para o fim da nossa primeira turnê de 2013. Meu pescoço não ficava tão dolorido desde que começamos a sair em turnê no início de 2005… Continuo a contar a todos, “Meu corpo está resistindo a minha vontade de arrasar!” Agora é sério, os shows têm sido divertidos, pelo menos nos 70 ou 90 minutos no palco, que eu nem percebi. Eu amo estar de volta. Claro, as minhas articulações e músculos rangentes de 24 anos vão se render em breve. Se render ao rock. Só não vamos tirar mais 2 anos de férias, tudo bem?
Como eu disse na última postagem, nós estivemos fazendo algumas listening parties… tocando 5 músicas do novo álbum para uns 20 fãs. Tem sido de arrancar os nervos, emocionante e extremamente recompensador. Eu nunca vou superar o quão incrível é revelar a sua alma numa música e, então, ter alguém ouvindo-a e não apenas aceitando-a, mas totalmente abraçando-a. Ser qualquer tipo de artista é uma benção. A primeira música do álbum se chama “Fast In My Car.” Nós a tocamos nas listening parties, mesmo estando nervosa para mostrar como o álbum começa. Mas começa assim por uma razão. Os últimos anos para a nossa banda tem sido loucos. Houve alguns vales obscuros. Momentos ruins que pareciam impossíveis de escapar… mas conseguimos escapar! Saímos de lá! O problema, no entanto, de ter vivenciado esses momentos ruins na frente do mundo é que há muitas pessoas que prefeririam que a gente tivesse ficado lá. Vocês conhecem gente assim, tenho certeza disso. Elas não querem que você dê a volta por cima e tente de novo, principalmente quando você vai tentar algo novo. Para ser honesta, no nosso caso, os jornalistas e escritores pareciam querer uma história interessante do que fazer o dever de casa e falar algo positivo. E você não pode culpar sempre as pessoas pela sua curiosidade. A nossa sociedade perpetua isso… somos atraídos pelo dilema. Eu sou tão curiosa quanto qualquer outra pessoa, então juro que não estou tentando acusar ninguém! De qualquer maneira, o Paramore teve sua quota de drama e estamos prontos para algo diferente. Queremos que todas as coisas ruins fiquem para trás! E é aí que “Fast In My Car” surge.
Muitos críticos que ouviram essa música vão direto para o óbvio quando eles ouvem algumas partes da música. Eles me perguntaram se é sobre a perda de dois membros e estar irritada com tudo isso e blá blá blá… e eu só quero dizer, em voz alta e com orgulho, que essa música não é sobre isso. Não tem nenhuma música sobre isso no álbum. É claro que eu sou sempre inspirada pela vida e as coisas que eu e meus amigos superamos…  Então, pode haver tons dessas memórias… mas tudo que quero dizer é… não olhe muito para algo negativo, porque você sempre vai encontrar isso. (Eu devia escutar esse conselho mais vezes!)
Esse ano, eu espero que, como banda, vivemos “Fast In My Car.” Eu quero entrar num carro, van, ônibus, avião, trem… com os meus melhores amigos… e conquistar o mundo. Armados até os dentes, prontos para qualquer coisa que aparecer no nosso caminho, mas sempre com uma tranquilidade de que já ganhamos. Há tanta coisa lá fora para vivenciarmos, conquistarmos, e eu estou pronta para não perder nada disso dessa vez.
Certo, apesar de minhas partes favoritas desta música sejam os versos… eu vou me segurar e só dar a vocês o refrão. Simples e direto ao ponto. Mal posso ver a hora de vocês escutarem a música completa!
“We’re driving fast in my car
We’ve got our Riot gear on but we just want to have fun
No, we’re not looking for violence…
Tonight we want to have fun”
“Estamos dirigindo rápido no meu carro
Temos nossa tropa de choque, mas só queremos nos divertir
Não, não estamos procurando por violência…
Hoje, queremos nos divertir”

Nenhum comentário:

Postar um comentário