sábado, 16 de fevereiro de 2013

Jeremy para a Juice Online: ‘Nós estamos aqui para ficar!’

O Paramore está na Malásia para um grande show o Juice Online fez uma entrevista exclusiva com o baixista Jeremy Davis.
Na entrevista eles conversam sobre a vida de casado, como foi a ruptura da banda há alguns anos atrás, com a saída dos irmãos Farro, e também sobre o novo álbum.
Leia a entrevista completa e traduzida:

Depois de sobreviver de toda essa bagunça da saída do guitarrista e baixista de longo tempo da banda e também depois de três longos anos de hiatus, a banda americana de pop punk Paramore está de volta com o seu novo álbum auto-intitulado e show em KL. Juice conversou com o baixista Jeremy Davis sobre a banda como um trio e o seu próximo álbum a ser lançado.
Hey Jeremy! Primeiramente, parabéns pelo seu casamento. Como a vida de casado vem sido pra você?
Jeremy: Obrigada. Vem sido boa, embora não seja tão diferente. Minha esposa e eu sempre fomos melhores amigos, e apoiamos um ao outro em tudo o que fazemos. Nós dois temos essa coisa de viajar, mas isso tem sido muito divertido e incrível.
Onde estava a direção da banda depois de ‘Brand New Eyes’?
Jeremy: Por um tempo, foi um período bem difícil. Tinha tanta energia negativa na banda ao ponto que nós queríamos desistir de tudo. Mas então nós três decidimos que nós queríamos permanecer como uma banda, e que isso não nos estragaria. Daí, nós começamos a escrever e gravar tantas canções que nós meio que caímos na real que há uma luz no fim do túnel.
A saída de Zac e Josh da banda alterou a forma do processo de escrita e gravação para vocês de alguma forma?
Jeremy: Definitivamente. Primeiro, nós não tínhamos um baterista. É muito difícil escrever canções de rock sem um baterista, mas nós fomos sortudos o suficiente por ter um cara chamado Ilan Rubin (das bandas Lostprophets and Nine Inch Nails) para tocar para nós. Taylor York definitivamente teve o maior crescimento na banda. Ele veio com algumas das linhas de baixo mais legais, e nós nunca o ouvimos tocar daquele jeito antes. Sendo o compositor principal das músicas trouxe o lado criativo e experimental pra ele. Para Hayley, ela sempre foi uma ótima compositora e para esse álbum, ela definitivamente escreveu muitas letras ótimas que são otimistas mesmo depois depois de todo esse tempo. Ela é um incrível talento.
Quando o álbum for lançado, fará 3 anos e meio desde Brand New Eyes. Essa lacuna foi a mais longa entre os álbuns da banda, então você sente certa pressão sobre esse novo álbum?
Jeremy: Bom, nós realmente nunca fomos a lugar nenhum, mas nós precisávamos fugir por um minuto depois que Josh e Zac sairam. O tempo que tivemos foi uma boa forma de deixar a poeira baixar e foi um tipo de recarga para nós. Isso definitivamente nos fez sentir como se nós estivéssemos tendo nossa segunda chance.
Quais são as suas influências ou inspirações para o novo álbum, em termos de sons e letras?
Jeremy: Nós todos ouvimos diferentes tipos de música. Nós não temos uma banda especifica que ouvimos, então nós meio que nos juntamos e chegamos com nossas próprias influências e apenas tocamos, não importa o quão estúpido isso soou (risos).
Com o novo álbum vocês decidiram auto-intitular. Isso é porque vocês sentem que esse é o som que vocês vêm tentando alcançar para a banda?
Jeremy: Hayley falou antes que as canções deste álbum nos lembra de nós mesmos de porque nós estamos juntos como uma banda em primeiro lugar. Com Brand New Eyes, foi basicamente sobre os tempos difíceis e a infelicidade que nós passávamos como banda. Esse álbum definitivamente define o Paramore em um senso de que é criado por melhores amigos que querem estar em uma banda juntos. As canções são muito mais positivas e eu acho que isso é uma boa afirmação para nós ficarmos juntos como uma banda. Nós estamos aqui para ficar.
Vocês estarão tocando pela segunda vez na Malásia em fevereiro. Do que você lembra de lá?
Jeremy: Para ser honesto, nós não tivemos muito tempo livre da última vez que estivemos lá. Então, nós realmente desejamos sair e explorar a cidade, e provar alguma coisa da comida local. Eu sou um grande fã de comida picante então eu definitivamente mal posso esperar para provar.
Para encerrar esta entrevista, o que você gostaria de dizer para os fãs da Malásia?
Jeremy: Nós gostaríamos de agradecer todo mundo por apoiarem tanto o Paramore e nós realmente não podemos esperar para nos apresentar para vocês de novo, pessoal. Vocês nos fazem sentir bem-vindos, então nós estamos felizes por estarmos de volta.

Fonte: Paramore Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário