terça-feira, 3 de julho de 2012

Nova foto e texto da diva no tumblr oficial

A nossa super diva atualizou o tumblr da banda com uma foto e um novo texto, veja:


“Yeah nós também temos um tumblr também”


oh glória

Quando eu estava com 17 anos, eu comecei a escrever uma música que mais tarde se chamaria “Let The Flames Begin”. Foi no nosso segundo ano do álbum RIOT! Eu nunca senti que realmente soou tão significativo na versão gravada como parecia quando tocamos ao vivo. Ao passar os anos, nós acrescentamos isso. Não só é uma das nossas músicas favoritas para tocar nos shows, mas uma das músicas mais requisitadas por…ahem…vocês. Talvez isso seja porque essa é a música mais pesada do que as outras, ou talvez porque seja a mais emocionante para cantar, por causa da letra. De qualquer modo, isso significa muito para nós.

A letra tocou no caminho que nós estavamos (pessoas da minha mesma idade que estavam ao meu redor) e como nos encaixamos para a sociedade…e polvilhada ao tema da condição humana. Como parecemos quebrados pelo lado de fora, a quem acontece por estar olhando. Eu sempre tive aquele profundo sentimento de dor que acontece quando você ouve uma trágica história de alguém que esta com uma doença terminal, ou quando você vê alguém desabrigado e implorando por dinheiro na estrada, mas que na verdade, isso realmente não ajuda…mas eu sempre dou…apenas pelo mundo em geral. Porque eu sinto, sinceramente e profundamente, que todos nós estamos procurando por alguma cura ou algum tipo de solução rápida, a todo tempo. Sempre preenchendo um vazio. Eu faço isso todos os dias, mesmo quando eu não estou ciente.A condição de estar vivo e respirando. “Como posso me agradar?” Não é com um olhar pessimista que eu sempre vejo essas coisas, eu apenas acredito que isso é realista. Para algumas pessoas, existe a fé que trabalha mais do que apenas a nossa fragilidade. Para outros, é suficiente saber que nós tentamos ser o melhor humano que nós podemos ser e fazer qualquer diferença que nós podemos. Seja qual foi seu prazer, crença, sofrimento ou vitória… todos nós somos humanos e todos nós estaos constantemente enfrentando algum tipo de fragilidade. Do coração, das finanças, da família, dos sonhos…esse é a real dor e que não pode ser ignorada.

Às vezes, a única coisa que me faz passar por esses momentos difíceis é saber que nós todos (um pouco) estamos lutando juntos. Mesmo que pareça que estamos lutando sozinhos, existem bilhares de outros humanos fazendo a exatamente a mesma coisa. Em quaisquer que sejam suas respectivas lutas. Eu não sei como isso ajuda, mas ajuda. Para saber que ninguém tem descoberto isso. É um pouco arrastado, mas é um bom conforto. Veja como até mesmo uns bons 6 anos e eu ainda sinto todas essas coisas sobre a vida e o ser humano, provavelmente deve ser obvio que nós vamos escrever uma outra música com esse assunto semelhante para o novo álbum. Dessa vez, eu sinto que ele vem através de um pouco mais de esperança…mas na verdade é isso que me excita mais sobre isso. Para mim, é chegar ao fundo do que você pensou que era um poço sem fundo…e é ai que você se entrega a tudo o que é próximo. Isso é o que as outras bilhões de pessoas estão fazendo agora. Bater no fundo [do poço] apenas para levantar o olhar para cima e descobrir como sair do chão rapidamente. Sim, sabendo que definitivamente ajuda.

É estranho que uma canção sobre tudo isso, poderia continuar o que está prestes a ser o álbum mais positivo e estimulante que nós já escrevemos para o Paramore…mas de algum modo isso funciona. Quem me conhece sabe que eu só posso escrever tantas letras felizes até que eu tenha que ventilar sobre outra coisa.

Este é longo e já é tarde, e espero que isso não faça sentido para ninguém se não todos vocês que realmente leram tudo isso.

H

Fonte: Paramore BR



Nenhum comentário:

Postar um comentário