domingo, 24 de junho de 2012

Novo post da diva no tumblr oficial

Como havia prometido, a nossa super diva postou no tumblr oficial da banda um novo texto para compartilhar com os fãs o que andou fazendo. Confira a tradução abaixo:

Hey, hey…

Bem… como prometido, eu voltei aqui para blogar. Escrever um blog. Este fim de semana foi a primeira vez em quase uma semana que eu estive toda em minha solidão. Nós tivemos família, amigos e colegas de trabalho dentro e fora daqui, visitando ou nos ajudando em várias coisas… é como manter a sanidade enquanto estamos fora da estrada. Minha irmã partiu ontem de manhã. Ela me visitou a semana toda e basicamente nós fizemos tudo o que se tem pra fazer em Los Angeles. Encontramos nós mesmas nesse tráfego infame a semana toda.. Ainda assim, nós andamos para o letreiro de Hollywood, sentamos em um penhasco em Malibu (perto da nossa casa antiga da banda da gravação do Brand New Eyes), conversamos sobre garotos, passamos o dia na Disneylândia, e fomos na Warped Tour. Ótima semana, né? Agora, está tudo quieto. E agora?

Ugh, eu gostaria de ter algumas frases para reclamar sobre essas grandes unhas que eu deixei crescer por nenhuma razão em particular. Como alguém digita com essas coisas? Como a Katy Perry tuita? Como a Lady Gaga toca a sua keytar? Enfim…

Já que estou me sentindo particularmente sozinha agora, eu pensei que seria uma boa hora pra falar sobre uma das músicas que vamos gravar para o novo álbum. É meio engraçado falar disso sem nenhum de vocês terem ouvido a música ou ao menos saberem as palavras certas pra isso. A música não é tanto sobre se sentir solitário, mas é sobre aproveitar o simples estado de estar sozinho. Por exemplo, em um sábado à noite, como hoje. Eu até gosto da oportunidade de cozinhar uma refeição para mim mesma e sentar no sofá assistindo Pretty Woman a noite inteira, se é assim que eu gostaria. Ler um livro. Escrever uma música. Você entende. Basicamente, eu não me importo de passar um tempo sozinha. É algo que me fez aprender muito.

Nos últimos quatro anos, aproximadamente, o Paramore se tornou mais ocupado e gastamos mais tempo trabalhando do que ficando em casa. Eu quase me esqueci o quanto eu amava e até precisava do meu tempo sozinha. Mas no último ano, sendo mais “devagar” do que os outros anos foram… Eu fui capaz de reorientar todo aquele nervosismo, energia de ocupação e aprendi novamente o quão legal uma noite dentro de casa pode ser. De fato, eu passei a maioria das noites ”dentro de casa”, a menos que tivesse trabalho, família ou algo importante acontecendo. É provavelmente apenas uma fase e a vida se parece muito com um pêndulo… Então, no momento em que isso acontecesse, eu poderia ficar furiosa todas as noites. (veja: sober-raging como referência). Tudo isso pra falar que eu conversei com muitas pessoas que falaram que elas realmente não gostam de ficar sozinhas. Que elas não conseguem desligar a mente quando não tem ninguém por perto conversando ou quando a música não está alta. É preciso de prática. E, honestamente, vale a pena ficar bom nisso.

O outro lado disso é o quão reclusa eu me tornei nos últimos tempos. Como eu disse, eu amo meu tempo sozinha. Com um ou dois amigos próximos. Estou realmente cansada das pessoas se aproximando de mim sendo ou não uma coisa positiva ou negativa, eu não estou muito preocupada agora. O que importa é que me sinto bem sobre isso. E como nós já discutimos, é mais como uma fase mas estou aprendendo, no entando. Apenas parece como se a maioria das pessoas na minha idade estivessem indo exatamente para uma fase oposta a essa. Por alguma razão, eu precisava escrever sobre isso, como eu me sinto sobre as diferenças sociais, a hiperatividade das vidas sociais… e minha falta de qualquer tipo de interesse no mundo sobre isso tudo.

Deus, que explicação mais longa. Pense sobre isso, inclusive. Passe algum tempo consigo mesmo se você ainda não fez isso. Eu não sou terapeuta, mas isso não vai doer. Certamente fez maravilhas comigo. De fato, escrever essas frases e postar todas essas coisas sem sentido é uma das minhas coisas favoritas. Eu vou escrever mais desses, com mais frequência, assim que voltarmos para o estúdio. Então, volte para essa postagem assim que você quiser “ficar sozinho” comigo.

HW, a terceira do Paramore.

Fonte: Paramore Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário